Atlas no projeto Residência Sustentável

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 - por sustentax

 

A Atlas, fabricante de pastilhas de porcelana e revestimento cerâmico, é nova parceira no projeto Residência Sustentável, que tem o objetivo de apresentar soluções de produtos para reformas e construções sustentáveis.

A  Linha Suprema REC 65, com alta resistência e expansão zero, é disponível no formato 2,5 x 2,5 cm e em 20 cores, com 65% de material reciclado (massa composta por resíduos sólidos da própria empresa (descarte de revestimentos cerâmicos, descarte de pastilhas de porcelana e bandejas refratárias).

Cebrace e Fanavid são parceiras do Residência Sustentável

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012 - por admin

A Cebrace é líder no mercado brasileiro do segmento de vidro plano.

 

A Fanavid é uma das pioneiras no segmento de vidros de segurança no Brasil. É certificada pelas normas ISO 14.001, OHSAS 18.001 e  ISO 9.001.

 

A Cebrace é a fornecedora dos vidros  e a Fanavid é a responsável pelo beneficiamento.

 

 

Mitos e verdades sobre o LED

sexta-feira, 03 de fevereiro de 2012 - por admin

Os sistemas de iluminação LED conquistam o consumidor e ocupam papel de destaque no mercado brasileiro de lâmpadas. Valorizada pelo consumo de energia equilibrado, esta nova tecnologia que converte energia elétrica em luz dentro de um material de cristal sólido ainda gera muita dúvida quanto à aplicabilidade.

Para esclarecer algumas dúvidas sobre o LED, o especialista em Iluminação e Design de Interiores e responsável pelo Centro de Treinamento da Lâmpadas Golden, Leandro de Barros, analisa alguns mitos e verdades que cercam o tema.

O LED pode ser aplicado em qualquer lugar.

MITO. Em nossos dias, nem sempre o LED é a melhor solução. Há questões técnicas a serem consideradas: Seu Índice de Reprodução de Cor (IRC) não é elevado, está entre 70 e 80. Por isso, o LED não é aplicável a tudo. Não é ideal, por exemplo, em espaços de destaques em loja de roupas porque não tem boa fidelização de cor. Já para iluminação decorativa ele é imbatível, pois possui cores saturadas, diversidade de ângulo de abertura e alguns modelos permitem o controle das cores.

Lâmpada LED não esquenta.

MITO. O sistema LED gera temperatura térmica durante a conversão da eletricidade em luz, porém não joga o calor para o ambiente graças ao auxílio de dissipadores que têm a capacidade de removê-los. Este é um dos aspectos que contribuem para aumentar sua vida útil. Por isso não é possível colocar o LED em luminária desenvolvida para lâmpada tradicional que ele queima.

Os LEDs duram para sempre.

MITO. Lâmpadas LED possuem uma vida longa, mas depreciam com o tempo, como qualquer outra fonte de luz artificial. Essa depreciação luminosa é prevista através de testes durante um longo período de tempo, a fim de se determinar quando uma específica porcentagem de luz é perdida. Alguns fatores contribuem para a degradação do fluxo luminoso, como variação de temperatura, variação de correntes na fonte e a eficácia de sistemas de refrigeração. Quando o sistema de LED não falha, a depreciação do fluxo luminoso é um fator importante para estabelecer o tempo de vida do produto.

Os LEDs não queimam.

VERDADE. O produto não queima, mas perde a intensidade luminosa com o tempo. Os LEDs de boa especificação têm de 20 mil a 50 mil horas de vida útil, com uma perda de fluxo luminoso de 30%. O diodo dura, mas os componentes duram menos. O calor provoca degradação do fósforo nos LEDs brancos causando uma depreciação do brilho e variação na temperatura de cor.

Sistemas com LED são muito caros.

VERDADE. Porém, o retorno do investimento em economia de energia e em manutenção é rápido, há situações em que o retorno deste investimento pode acontecer em menos de um ano. Além disso, deve ser levado em consideração que o valor do sistema já está mais barato que um ano atrás, e a tendência é esse valor reduzir mais.

Não existe lâmpada LED em tubo.

MITO. Hoje já existem modelos com formatos similares às lâmpadas tubulares com a tecnologia LED.

 

O LED pode ser instalado em um soquete comum.

VERDADE. Vários modelos já podem ser instalados no padrão brasileiro de base de rosca E27.

O LED pode ser dimerizado.

VERDADE. Mas nem todos os modelos disponíveis no mercado permitem a regulagem da intensidade de luz.

 

 

Marcadores: , ,

Página 1 de 1
   
Publicidade
Publicidade

patrocínio

realização