Hidráulica


Visita à obra

quinta-feira, 03 de março de 2011 - por admin

 

A cada visita à obra do Residência Sustentável, percebemos  grandes avanços e melhorias. Na cobertura, as jardineiras já estão prontas e no andar inferior, as vigas metálicas, como reforço estrutural, estão sendo colocadas, como é possível visualizar nas fotos abaixo:

Entre os próximos passos estão: impermeabilização e instalações elétrica e hidráulica.

A equipe da Sinnen, responsável pela instalação elétrica e hidráulica, estava no imóvel para início dos trabalhos. 

Acompanharam a visita, os profissionais:

Mariana Muniz, arquiteta da Naturalux, fornecedora do Solatube; 

Fabio Siqueira da Bamboofloor, fornecedora do piso de bambu;

Rubens Silva, gerente de vendas da Sends Iluminação, fornecedora de toda a iluminação led que será usada no apartamento. 

Marcadores: , ,

Medidas para a redução do consumo de água e energia

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011 - por admin

O Engenheiro Roberto Giacometti, responsável pelos projetos de Elétrica e Hidráulica do Residência Sustentável, fala sobre os desafios deste projeto, a impotância da integração entre os projetistas e as soluções para a eficiência energética e a economia de água.

 Assista ao vídeo.

Obras já tiveram início, etapa de demolição já concluída

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011 - por admin

As obras da reforma do apartamento tiveram início há um mês e a etapa de demolição já foi concluída. Assim, os  projetistas do Residência Sustentável reuniram-se com o construtor responsável, na manhã de 10 de fevereiro, para discutir o andamento da execução dos projetos, bem como, compatibilizar alguns pontos para melhoria e também devido a alguns ajustes, comuns em todas as obras de reformas.

Nesta obra específica, como explica Paola Figueiredo, “algumas ideias no projeto de arquitetura terão que ser alteradas, porque durante a demolição foram encontradas estruturas diferentes das que se imaginavam no apartamento, como metálicas substituindo vigas de concreto.  Agora, o trabalho do engenheiro calculista será fundamental para dimensionar as novas estruturas e dar suporte e segurança para toda reforma”.

Está havendo uma integração entre os diversos projetistas e o construtor para evitar retrabalhos, baixa produtividade e desperdícios. Esta integração entre as diversas áreas, arquitetura, paisagismo, harmonização de ambientes, climatização, elétrica, hidráulica e automação residencial, é um dos diferenciais deste projeto, a fim de permitir a rápida  troca de conhecimento e informações. 

Nesta visita, dois pontos destacaram-se, a primeira a organização da obra, que segue critérios de sustentabilidade, e a segunda é a amplitude que o apartamento ganhou com o projeto arquitetônico de Cilene Lupi com novas áreas de circulação e, principalmente, circulação de ar e  iluminação natural.

Acompanhe alguns pontos desta reunião, que teve a presença de Cilene Monteiro Lupi, arquiteta responsável pelo projeto; Elias da Silva Rodrigues, supervisor de instalações da Sinnen; Herbet Ortiz da Casa de Projetos (paisagismo); José Roberto Muratori e Virgínia Rodrigues, Marbie Systems (automação); Luiz Fernando Bueno, da LFB (climatização); Mariana Muniz, arquiteta da Naturalux, responsável pelo fornecimento e instalação do Solatube; Mestre I Ming, da Sociedade Feng Shui (harmonização de ambientes); Roberto Giacometti, da Giacometti Projetos (elétrica e hidráulica), além do engenheiro responsável pela obra, Ricardo Flamarion, e Paola Figueiredo e Newton Figueiro da SustentaX. 

 

Separação de Resíduos na obra para correta destinação

Baias para a separação de resíduos e destinação correta

Proteção aos materiais: elevação protege sacos de cimento da umidade do piso

Automação Residencial: ambientes inteligentes e mais sustentáveis

sexta-feira, 23 de julho de 2010 - por admin

Evitar que lâmpadas sejam ligadas quando ainda existir iluminação natural suficiente, monitorar crianças ou idosos por meio de câmeras, controlar a  temperatura e umidade em adegas, automatizar torneiras de jardim, acionar cortinas e persianas para diminuir a insolação nos ambientes são alguns exemplos de procedimentos que podem ser realizados em um projeto de automação residencial.

 No Residência Sustentável, o objetivo do projeto de automação é mostrar as soluções possíveis que permitem controle de gastos desnecessários com energia e a importância da projeto de automação integrado ao arquitetônico.

A arquiteta Virgínia Rodrigues, da Marbie System, empresa responsável pelo automação do Residência Sustentável, explica que a automação residencial é a aplicação das tecnologias existentes para melhorar a qualidade de vida do usuário, facilitando e tornando automáticas algumas tarefas básicas da residência, visando o conforto, segurança e economia do usuário.

O objetivo, explica a arquiteta, é tornar as residências mais eficientes com a utilização de sistemas inteligentes, que controlam algumas tarefas básicas como, por exemplo:

-        o uso eficiente da iluminação artificial, por meio de sensores, dimerizadores ou temporizadores que controlam os sistemas de iluminação;

-        acionamento de cortinas e persianas elétricas, de forma programada, para intensificar ou diminuir a insolação nos ambientes;

-        controle interno de temperatura, atuando sobre os condicionadores de ar e/ou aquecedores de ambiente, com base nas informações dos sensores;

-        controle de tratamento de águas pluviais e utilização racional da água para irrigação, com utilização de sensores de umidade de solo e ar;

A automação, além de criar ambientes mais inteligentes, contribui também para gerar resultados favoráveis ao desempenho energético e ao conforto ambiental. “As utilizações são diversas, mas pode-se citar os controladores inteligentes que ligados a sensores de luminosidade externos determinam o acendimento automático da iluminação apenas quando o ambiente está sendo utilizado, evitando que as luzes sejam acesas à noite quando o ambiente está vazio”. Outra situação é gerenciar o gasto com energia elétrica nas unidades residenciais, analisando horários de maior gasto e equipamentos que determinam desperdícios.

Contudo para o projeto ser de fato eficiente é imprescindível a análise das necessidades e aspirações da família e propor algumas aplicações específicas. “É fundamental que todas as aplicações sejam úteis àquela família e que também seja feito um estudo detalhado de custo X benefício destas aplicações. Projetos mais avançados podem incluir o controle remoto, via celular, de alguns equipamentos como ar condicionado, por exemplo.”

Para a arquiteta, a dica mais importante para os interessados em tecnologias residenciais é que a fase de contratação do projeto de automação deve se dar juntamente com o projeto arquitetônico e elétrico. “Uma concepção realmente inteligente, nasce de um projeto integrando todas as especialidades visando o design, conforto, consciência social e ecológica, onde a utilização dos recursos tecnológicos de automação é mais uma das ferramentas disponíveis na busca do projeto sustentável ideal”, finaliza.

Workshop Residência Sustentável para apresentação dos projetos

quinta-feira, 24 de junho de 2010 - por admin

Empresas e profissionais parceiros do Projeto Residência Sustentável

 

Herbert e Angela Ortiz, da Casa de Projetos, que assinam o Paisagismo do Residência Sustentável e Cilene Monteiro Lupi, responsável pelos projetos de arquitetura e interiores

 

Profissionais debatem soluções para o projeto

 

Paola Figueiredo, idealizadora do projeto, fala sobre o projeto e apresenta parceiros

 

Mestre I Ming, da Sociedade Feng Shui, apresenta suas indicações para a harmonização ambiental

 

Angela Ortiz apresenta projeto de Paisagismo

 

Herbert Ortiz comenta soluções do projeto paisagístico

 

Roberto Giacometti, da Giacometti Projetos, apresenta soluções de hidráulica e elétrica

 

Luiz Fernando Bueno, da LFB Engenharia e Projetos, comenta soluções para melhoria do conforto térmico no imóvel

 

José Roberto Muratori, da Marbie Systems, explica as novas tecnologias e benefícios para a automação residencial

 

Luciano Soma, da Proassp Projetos, apresenta o projeto de impermeabilização do apartamento

 

Convidados para o II Workshop Residência Sustentável

Produtos para a economia de água

terça-feira, 01 de junho de 2010 - por admin

No dia 26 de maio, as equipes do Residência Sustentável e da Deca, fabricante de louças e metais sanitários, estiveram reunidas para definir os critérios de escolha dos produtos que serão utilizados no apartamento do projeto Residência Sustentável.

O uso racional da água por meio de metais sanitários eficientes é um dos requisitos dos empreendimentos sustentáveis. Torneiras com sensores ou temporizadores, válvulas de descarga (e caixas acopladas) com duplo fluxo são alguns dos produtos existentes no mercado que coloboram com a economia de água.

Beleza, funcionalidade, conforto e economia estiveram na pauta, além de sistemas e cuidados para o reaproveitamento da água, outro aspecto de grande relevância quando se fala em sustentabilidade.   

Conheça os produtos Deca com Selo SustentaX: http://www.selosustentax.com.br/Produtos/metais.php

Nas fotos, à esquerda, profissionais do Residência Sustentável: Roberto Giacometti (Elétrica e Hidráulica), Cilene Monteiro Lupi (Arquitetura), Paola Figueiredo (Sustentabilidade)  e Angela Ortiz (Paisagismo).

À direita, equipe Deca: Marco Yamada (Engenharia de Aplicação), Ana Carolina Carvalho (Comunicação e Propaganda), Juliana Izzo (Marketing), Ricardo Guidi (Marketing) e Regis Romera (Engenharia de Produto).

Marcadores: ,

II Workshop Residência Sustentável

segunda-feira, 31 de maio de 2010 - por admin

 

No 17/06/2010, o Grupo SustentaX e os parceiros Cilene Monteiro Lupi Studio, Giacometti Projetos, LFB Engenharia, Sociedade Feng Shui, Casa de Projetos, Marbie Systems e PROASSP Assessoria E Projetos  apresentarão as plantas e estudos desenvolvidos para o Projeto Residência Sustentável, no II Workshop Residência Sustentável.

O intuito é mostrar todas as implicações e soluções inerentes de um projeto integrado que tem como foco a sustentabilidade.

Horário: 9h às 12h

Local: Av. Brigadeiro Luiz antônio, 2.344, 9º andar (entre a Av. Paulista e a Al. Santos)

RSVP: residenciasustentavel@sustentax.com.br

Como tornar sua residência mais sustentável?

quinta-feira, 27 de maio de 2010 - por admin

Tornar uma residência mais sustentável requer mudanças tanto de comportamento como também de instalações, produtos e materiais.

Para quem está pensando no assunto, a equipe do Residência Sustentável sugere algumas soluções para diminuir os gastos de energia e de água,  para melhorar o conforto térmico e ainda garantir a qualidade ambiental do ar interno, entre outras.

Na ilustração é possível visualizar as sugestões e como elas podem ser aplicadas:

  • tintas, impermeabilizantes, papéis de parede e adesivos com baixa toxidade para não prejudicar a saúde de sua família;
  • aquecedor solar de água para economia de energia;
  • blocos cerâmicos de encaixe que dispensam cimento para fixação;
  • cobertura vegetal: isolante térmico, retardando o aquecimento dos ambientes durante o dia e conservando a temperatura durante a noite; 
  • fechaduras em aço inox, dispensando acabamento em cromo que polui o meio ambiente;
  • lâmpadas LED ou outros tipos econômicos e com baixo teor de mercúrio
  • metais sanitários eficientes para economizar água;
  • mobiliário  com conteúdo reciclado ou de madeira com Selo FSC (manejo sustentável);
  • películas para vidro para redução do calor solar e persianas com tela solar de  alta tecnologia que permite iluminação natural e a criação de ambientes com conforto térmico e visual;
  • produtos com o Selo SustentaX que atesta a sustentabilidade com qualidade;
  • pisos e revestimentos a partir de materiais rapidamente renováveis (como bambu),  com conteúdo reciclado, com madeira certificada;
  • Selo Procel (nível A) para eletrodomésticos; Selo Conpet para equipamentos à gás;
  • sistemas que permitem levar iluminação natural a ambientes internos de maneira eficiente;
  • tapetes e tecidos com conteúdos reciclados;
  • ventilação natural e cruzada.

Marcadores: , , , , , ,

Dicas de economia para residências

quarta-feira, 12 de maio de 2010 - por admin

Como reduzir reduzir gastos e criar ambientes mais salubres? Confira dicas elaboradas por Paola Figueiredo, vice-presidente do Grupo SustentaX, responsável pela sustentabilidade do projeto Residência Sustentável,

Medidas eficazes para redução de gastos com água:
• Paisagismo utilizando espécies locais de baixo consumo de água
• Captação de chuva para limpeza de áreas comuns do prédio, descarga e irrigação
• Reuso da água da máquina de lavar, filtrada, para limpeza de piso e carros (em casas)
• Descargas de duplo fluxo (sólidos e líquidos) e torneiras com temporizadores
• Aeradores nas torneiras e chuveiros

Medidas eficazes para redução de gastos com energia:
• Posicionamento correto do imóvel para aproveitamento racional da iluminação e ventilação naturais
• Telhado verde ou tintas brancas de alta refletâncias, para reduzir o efeito da insolação
• Pinturas de cores claras nas fachadas para reduzir a absorção de calor pela estrutura
• Painéis solares para aquecer a água
• Sensores de presença para acionamento das lâmpadas de áreas comuns internas e garagens
• Sensores de luminosidade para ligar e desligar as lâmpadas das áreas externas (estacionamentos, jardins…)
• Motores elétricos eficientes para bombas e elevadores
• Equipamentos eficientes no consumo de energia (Selo Procel nível A)

Medidas eficazes para melhorar a qualidade e salubridade da moradia
• Barreiras de contenção de poeira em todas as entradas para reter a poeira (75% da poeira entra pela sola dos sapatos!). O ideal seria criarmos o hábito oriental de tirar os sapatos para entrar dentro de casa
• Locais de armazenamento de alimentos separados dos produtos de limpeza
• Produtos com qualidade, baixa toxidade e sustentabilidade com Selo SustentaX

Outras medidas sustentáveis
• Coleta, separação e armazenamento seletivo de resíduos e de lixo (os recicláveis vendidos ou doados para cooperativas – recicláveis: metal, papel, papelão, plástico, vidro e óleo de cozinha)
• Destinação do óleo de cozinha para fabricação de sabão
• Proteger as florestas e a biodiversidade privilegiando produtos de madeira com Selo FSC
• Medição individual de água, energia elétrica e gás
• Sistema de estímulo à carona solidária

Patrocinadores do Projeto Residência Sustentável:
Profissionais: Cilene Monteiro Lupi (Arquiteta), Casa de Projetos (Paisagismo), Luiz Fernando Bueno (Climatização), Roberto Giacometti (Elétrica e Hidráulica), Marbie Systems (Automação Residencial), Mestre I Ming (Harmonização ambiental – Feng Shui), Proassp (Projeto de Impermebealização), Sinnen (Instalação Elétrica e Hidráulica) e SustentaX (Sustentabilidade).
Fabricantes: 3M, Bamboo Floor, Claudia Araújo Tecelagem Manual, Deca, Ecotelhado, Eucafloor, Henkel, Huffix, iHome, Interfloor, Janiking, JRJ Tecidos, Masterpol, Lady Revestimentos, By Latarulho, Nas Design, Pensativo Comunicação, Pado, Pisoleve, Seivarte, Solatube, Soletrol, Suvinil, Uniflex e Werden.

Parceiros do Projeto Residência Sustentável

sexta-feira, 30 de abril de 2010 - por admin

Página 1 de 2
    Próxima 
Publicidade
Publicidade

patrocínio

realização